Skip to content
Entenda o fenômeno das assistentes virtuais
28 de maio de 2021

Entenda o fenômeno das assistentes virtuais

Entenda o fenômeno das assistentes virtuais
28 de maio de 2021

Entenda o fenômeno das assistentes virtuais

Navegue por tópicos

As assistentes virtuais são um fenômeno que chegou para ficar, e as marcas estão aproveitando essa tendência muito bem. A ferramenta permite uma conexão mais humana com os consumidores, uma vez que as assistentes virtuais simulam mulheres reais e respondem facilmente aos questionamentos dos usuários. 

Marcas como Magazine LuizaNaturaAmazon e Samsung investiram nessa tendência logo quando ela começou a estourar no meio de Marketing Digital.  

Hoje, como vemos na mídia, essa estratégia deu muito certo para todas as empresas que a implementaram. 

Mas por que as assistentes virtuais fazem tanto sucesso assim? 

Vamos responder a essa pergunta e levantar outras questões importantes sobre o tema no texto de hoje. Então, acomode-se e tenha uma boa leitura! 

O que faz uma assistente virtual?

Em 2020, o Brasil registrou um crescimento de 47% no uso de serviços ou produtos com assistentes virtuais por voz.  

A expectativa é que esse número aumente no Brasil e no mundo. Estima-se que, nos próximos anos, mais de 300 milhões de pessoas ao redor do mundo estejam fazendo uso dessa ferramenta.  

É aí que entra o poder das assistentes virtuais. Elas funcionam como uma ajuda direta, fácil e ágil para os clientes que entram em contato com as empresas pelos canais de comunicação.  

As funções das assistentes virtuais são basicamente responder os questionamentos mais frequentes dos clientes e facilitar a comunicação entre marca e consumidor, uma vez que o tempo de resposta é mais rápido. 

Além disso, as assistentes virtuais também servem como um cartão de visita da empresa nas redes sociais, como é o caso do Magazine Luiza.  

Por meio da Lu, a empresa utiliza os canais digitais para se comunicar com o público. Essa assistente virtual deu tão certo que até se tornou influenciadora digital, estrelando campanhas da Adidas.  

Quais são as principais assistentes virtuais?

As assistentes virtuais já são uma realidade para muitas marcas, mas algumas se destacam no meio digital. 

Vamos conhecer as assistentes virtuais que mais movimentam a internet! 

Magazine Luiza 

A Lu, do Magazine Luiza, pode ser considerada a assistente virtual mais reconhecida nos canais digitais.  

Isso porque é a Lu que comanda o Twitter da empresa, publicando diversos tweets por dia e interagindo com o público frequentemente.  

Além disso, o Magalu criou uma página no site denominada Portal da Lu. Nessa página, a assistente virtual dá explicações sobre as principais dúvidas dos consumidores, além de oferecer produtos e afins.  

Natura

A Nat, da Natura, é uma assistente virtual mais recente. Até agora, a recepção tem sido excepcionalmente positiva.  

Quebrando padrões, com medidas que representam os corpos das brasileiras, a Nat é uma assistente virtual dinâmica e de bem com a vida. É a cara da marca! 

Esse é um exemplo clássico de como as empresas conseguem criar assistentes que verdadeiramente se carregam os valores da organização.  

Amazon 

A Alexa é a assistente virtual da Amazon. Diferentemente das anteriores, ela é um software que vem em um aparelho eletrônico.  

A proposta do sistema é resolver todos os problemas dos seus “donos”, facilitando muitos processos cotidianos.  

Atualmente, a Alexa é a assistente virtual mais conhecida mundialmente e tem feito muito sucesso entre os compradores.  

A justificativa para esse sucesso é que ela permite integrações com outros sistemas, a fim de tornar o dia a dia dos usuários mais prático.  

Apple

A Siri é a assistente virtual da Apple.  

Ela já existe há anos e também é integrada nos equipamentos da marca, como a Alexa. 

O diferencial da Siri é já estar integrada nos celulares, facilitando as pesquisas dos usuários.  

Oi

A Oi lançou recentemente a sua inteligência artificial.  

Denominada Joice, a assistente virtual da empresa telefônica atua como uma facilitadora de processos para os usuários.  

Para isso, a Joice responde às principais perguntas dos clientes sobre faturas, planos e afins. 

Samsung

A Bixby é a assistente virtual da Samsung e funciona basicamente como a Siri. 

Ambas estão integradas nos telefones e servem como um mecanismo de pesquisa por voz. 

Vivo

A Aura é a assistente virtual da Vivo e existe também para simplificar a vida do usuário. 

Com essa assistente, a Vivo espera que os consumidores tenham uma experiência positiva com a marca. 

Bradesco  

A BIA é a assistente virtual do Banco Bradesco. 

Ela nasceu com a proposta de tirar as dúvidas dos consumidores de maneira fácil e rápida. 

Além disso, recentemente a BIA foi otimizada para responder práticas de assédio nas redes sociais, sendo a primeira assistente virtual a lutar contra o machismo nesse meio.  

Quais são os benefícios das assistentes virtuais para as marcas?  

As assistentes virtuais são uma alternativa muito vantajosa para auxiliar gestores de empresas.  

Elas oferecem um atendimento personalizado para os clientes e diminuem a burocracia, o que tem como benefícios maior produtividade e melhor experiência para os consumidores.  

Além disso, uma assistente virtual possibilita descobrir quais são as principais necessidades dos seus consumidores, criar melhores soluções para eles e transformar positivamente a percepção que eles têm da sua marca.  

Portanto, com as assistentes virtuais, você melhora a produtividade e o reconhecimento de marca no meio digital.  

Esses são os benefícios gerais da ferramenta para a sua empresa. Vamos entender melhor as vantagens específicas sobre a presença digital da sua marca?  

Maior interatividade com o público

Gerar interação com o público é uma ótima maneira de você aumentar o engajamento com as pessoas nas suas redes.  

Nesse sentido, apostar no desenvolvimento de uma assistente virtual pode ser uma alternativa extremamente benéfica para criar uma relação mais próxima entre a sua marca e o público.  

Identificação

Quando as pessoas se identificam com os nossos conteúdos, elas tendem a interagir mais com a nossa marca.  

As assistentes virtuais são um recurso eficiente para gerar identificação com a sua persona. Mesmo que se trate de um robô, ela está representando uma pessoa.  

Desse modo, os consumidores tendem a se aproximar mais e se sentir compreendidos pela sua marca.  

Reconhecimento de marca

Quando você tem uma assistente virtual e a divulga amplamente nas redes sociais, o seu reconhecimento de marca é drasticamente aumentado.  

Por exemplo, todas as vezes que nos deparamos com a Lu, sabemos que se trata de alguma ação do Magazine Luiza.  

Sua marca antenada às tendências

Investir em assistentes virtuais é uma maneira de você mostrar para o seu público-alvo que a sua marca se importa com as tendências e que está implementando novas tecnologias dentro da empresa. 

Indiretamente, isso faz com que os clientes reconheçam os esforços da marca de se adaptar ao digital. Qual é o resultado disso? Mais interesse pela empresa e pelos seus produtos ou serviços!  

Reflexão: por que a maioria das assistentes virtuais são mulheres?

Provavelmente, você já reparou que a maioria das assistentes virtuais são mulheres. Já deve ter reparado também que utilizamos os artigos femininos “a” e “as” em toda a nossa conversa. 

O objetivo de nossa escolha linguística é tanto representar uma tendência quanto provocar uma reflexão. “As” assistentes virtuais são assim, mas precisam ser assim? 

Nesse contexto, há um debate muito recorrente na internet sobre os motivos dessa tendência ao feminino.  

Por um lado, a Unesco argumenta que a prática de só criar assistentes virtuais mulheres “reflete, reforça e dissemina o preconceito de gênero”. 

Por outro lado, os especialistas em Marketing defendem que as assistentes virtuais são mulheres porque, no imaginário popular, a voz e a figura feminina são dóceis e as mulheres sempre estão prontas para ajudar.  

É por essa divergência tão polarizada que a questão precisa ser discutida no meio corporativo.  

Assistentes virtuais são uma excelente alternativa para você humanizar sua marca e se conectar com o público nas redes sociais. No entanto, ao fazer isso, você não precisa focar unicamente em assistentes virtuais do gênero feminino

Por isso, nossa dica é: ao desenvolver um assistente virtual para a sua marca, pense principalmente nos valores da empresa e como você pode mostrá-los para o público por meio de um robô virtual.  

Se, no fim, a equipe concordar que o melhor para a marca é que seja uma figura feminina, não haverá problema algum. Porém, não é aconselhável tomar essa decisão apenas porque outras empresas estão fazendo assim.  

Descubra o poder das assistentes virtuais

Quando você cria um assistente virtual que realmente conversa com os valores da sua marca, isso contribui diretamente para a efetividade do atendimento. Contribui também para a diminuição de perguntas com teor sexual, além de impactar na percepção do consumidor.  

Os assistentes virtuais transformarão positivamente o seu negócio, independentemente do gênero escolhido para representar o robô. 

Esperamos que o texto de hoje tenha sido útil para você entender o poder das assistentes virtuais na contemporaneidade. Fique à vontade para ler o nosso blog e descobrir mais tendências do Marketing Digital! 

Se tiver dificuldades para definir as funções ou o perfil da sua / do seu assistente virtual, conte com nossa equipe! Basta procurar um especialista da Agência Contato! 

Receba o melhor conteúdo de marketing em seu e-mail
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder
Materiais ricos

Não vá ainda!

Agende um bate-papo gratuito com um especialista e receba um diagnóstico para impulsionar seu tráfego, leads e vendas!

plugins premium WordPress